segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Desabafo #2

Tenho uma grande amiga que está a deixar tudo por outra pessoa. Apagou o FB por causa dele e vai deixar de se dar com certas pessoas pela mesma razão e isto revolta-me! Odeio saber que ela vai sofrer e não conseguir fazer nada para a ajudar. Ele não a merece, compara-lo com um monte de poia é estar a ofender a dita cuja.
Enerva-me vê-la a cometer erros que eu já cometi. Deixei de falar com uma pessoa durante alguns meses e, embora já tenham passado alguns anos, nunca mais conseguimos voltar ao que éramos e só eu sei o quanto me arrependo do que lhe fiz. Era uma miúda sem o mínimo de noção e aprendi com o meu erro. Hoje em dia sou completamente contra essas coisas. Não mudo por ninguém, não tenho medo de dizer ''não'', não deixo que me tratem como opção e sou muito mais fria do que o que era. Há alturas em que consigo ser uma autêntica pedra de gelo e sabem que mais? Quero lá saber. Já me magoaram tanto que me tornaram imune a certos ataques. Fortaleceram-me enquanto tentavam o contrário.
Hoje sou  mais confiante e muito menos receptiva ao amor mas se assim  tiver de continuar para ter a certeza que não volto a cair nos mesmos buracos, então que assim seja.
Aturei o impensável, perdoei o inimaginável  e, enquanto fazia o que muita gente acha impossível, esqueci-me de gostar sempre mais de mim e é mesmo esse o truque: gostar sempre mais de nós do que gostamos dos outros.



8 comentários:

faa disse...

Os amigos são mais importantes que qualquer relação. Relações podem ser temporarias, amigos são para sempre.

Eu também nunca mudarei por amores.

Cat disse...

Isso é uma palhaçada. E é mt mau que deixem que façam isso com a nossa própria vida. Mas essa tua amiga há-de cair na real. Só que pode já ser tarde...

Just a Lady disse...

Ao ler o teu texto parecia que tava a ter um deja vu. Já passei pelo mesmo também, mas não volto a cometer o mesmo erro.
Tornei-me um bocado como tu, mais fria, menos receptiva ao amor... É com os erros que aprendemos, e a tua amiga depois vai-se arrepender, só espero é que seja a tempo, e que não fique cega pelos sentimentos.
Beijinhos*

B. disse...

Faa, pensamos igual. Acredita.

Cat, o que custa é já saber por antecipação que vai cair e mesmo assim não fazer nadaa -.-

Just a lady sê bem-vinda, infelizmente a vida muda-nos de maneiras que nunca pensamos mas que, ao fim ao cabo, são (quase) sempre o melhor para nós.

Beijinhos para os três :)

#Sí disse...

Concordo que não devemos mudar aquilo que realmente somos por causa de outra pessoa.
No entanto, numa relação, penso que têm de haver algumas cedências de parte a parte para que o casal se adapte um ao outro. Eu falo assim porque, eu mesmo as tive de fazer, coisas mínimas e sem grande importância, no entanto não deixam de ser cedências com as quais eu concordei. Outras vezes, fui eu mesma que pedi algumas alterações, mas como já disse, nada de mais.
Beijos

B. disse...

Exacto Sí mas é isso mesmo, pequenas cedências. E também há o factor de a outra pessoa merecer ou não e se seria capaz de fazer o mesmo por nós. Nem 8 nem 80, basicamente. Beijinho

em Li Pink High Heels disse...

Já passei por tanto e mesmo assim não consigo ser assim com as ideias tao definidas como tu nesse assunto e ser fria parace que não existe no meu dicionário. Bolas! * =)Sigo,segues?

B. disse...

Querida Li, eu também não era e também há vezes em que fraquejo mas depois lembro-me da promessa que fiz a mim mesma e isso fortalece-me... Se não nos tratamos mal a nós próprias, porque razão hão-de os outros poder tratar? Obrigada :)